/ domingo, 8 de abril de 2012 /

E de repente é domingo e você se sente mal e nem sabe o por quê. Isso acontece com todos, acho; mas comigo eu tenho que ter cuidado.
Tomo dose dupla de Prozac.
Passo o dia com um sommallium e a noite com outro.
Tomo um amitriptilina só por via das dúvidas.

Eu não posso ficar sozinha e mesmo assim eu quero. Eu queria viver em Lost in Translation, mas como um extra que não existe, um coadjuvante fantasma. Que minha vida rodasse sempre e sempre nesse filme.

De repente você se sente mal e nem sabe o por quê.
E o pior de tudo é que todos que te amam tentam te ajudar mas você só quer que sua vida acaba e você vire um nada, que seu corpo (que antes tão frustrante) apodreça e todos os vermes tenham comida por anos.

Pelo menos serei útil algum vez.

0 comentários:

 
Copyright © 2010 gaveta writer - diario ficticio, All rights reserved
Design by DZignine. Powered by Blogger